Publicidade

Eu nunca trabalhei, e agora?

Eu nunca trabalhei, e agora?

Eu nunca trabalhei, e agora? Como é que eu vou ter experiência da na área, se pra trabalhar precisa de experiência e para ter experiência precisa trabalhar?

Diante do primeiro emprego, quem nunca já se fez essa pergunta, não é mesmo? Pensando nisso, o BNE, em mais um webinar exclusivo, convidou a psicóloga e especialista em projetos, Pollyana Ferraz, para dar dicas de como conseguir o primeiro emprego.

Este artigo contém os assuntos abordados no Webinar, mas caso você queira vê-lo na íntegra, o vídeo estará aqui em baixo.

Eu nunca trabalhei, e agora?

Então, quando falamos sobre o primeiro emprego, atender os requisitos da vaga é o primeiro desafio, entretanto, existem sim possibilidades de você contornar a situação e se tornar um forte candidato.

“Para conquistar o primeiro emprego é necessário atitude, dedicação e resiliência” explica a psicóloga.

O que é necessário?

Antes mesmo de se candidatar para as vagas no mercado, o jovem que está em busca do primeiro emprego deve verificar se os seus documentos estão atualizados.

Assim, ele evita problemas e atrasos na hora de ser contrato, caso algum documento requerido esteja incorreto.

  • Documentos a serem verificados:
  • Carteira de trabalho e previdência social;
  • RG com foto atual;
  • CPF;
  • Título de eleitor;
  • Certificado de reservista (para quem passou pelo exército);
  • Fotos 3×4;
  • Comprovante de residência e
  • Comprovante de escolaridade ou matrícula.

Então, “Ainda mais agora com o que a gente tá passando (perante pandemia), tá um processo mais demorado (para atualizar)” expõe Pollyana.

Dessa forma, é importante que, além de atualizados, os documentos já estejam organizados em uma pastinha especial para isso.

Preparando o currículo

Não é que porque você não tem experiências prévias que você deve entregar um currículo praticamente em branco!

Então, comece pela formatação correta, não utilize mais que uma página e disponha os seus dados de forma coerente pelo documento.

Por seguinte, adicione um resumo das suas qualificações e experiências, bem como, os últimos cursos que fez, palestras que participou e webinars que assistiu.

Mas como assim experiências? Sim, mesmo sem ter trabalhado com a carteira assinada, muito provavelmente você já têm experiência. Assim, pode ser aquele evento que você ajudou a sua família a preparar ou aquela vez que deu uma mão para algum parente durante suas férias ou então, quando realizou algum trabalho voluntário em ONG’s ou até na sua instituição de fé.

Todas essas experiências contam, principalmente se você relatar como realizou os trabalhos e explicar como desenvolveu skills necessárias, como o trabalho em equipe, resolução de problemas, liderança, inteligência emocional…

Assim, não deixe de colocar o seu Objetivo também, mas quando falamos de Objetivo não são aquelas frases prontas de internet e sim aonde você deseja atuar na empresa, como:

  • Auxiliar de produção;
  • Vendas e prospecção;
  • Atendimento;
  • Caixa;
  • Estoque…

Se candidatando para as vagas

Existem diversas forma de você entrar no mercado de trabalho!

Um exemplo é o Programa Jovem Aprendiz, com certeza uma das oportunidades que você deve tentar. Neste outro artigo falamos tudo sobre o programa.

Assim, também existem os programas de estágio, esses oferecidos pelas faculdades ou pelas próprias empresas. Então, se o seu objetivo é encontrar um estágio, da uma olhada nessas vagas aqui.

Na entrevista

A entrevista é um dos pontos mais analisados durante um processo seletivo, por isso, o jovem deve saber como se portar e apresenta, de forma a garantir sucesso na contratação.

Então:

  • Esteja atento as roupas utilizadas: se adeque ao dress code da empresa ou então utilize o clássico formal;
  • Tome cuidado com a fala: utilize um tom de voz neutro e em um volume confortável, não grite ou sussurre com o entrevistador;
  • Valorize a sua experiência acadêmica: fale sobre seus projetos, as bancas que acompanhou e as equipes que pode liderar enquanto estudava;
  • Demonstre como as situações de desafio da sua vida te fizeram ser mais forte;
  • Estude bem a empresa antes: saiba qual é a área e o ramo do negócio, pesquise a história, valores e costumes da corporação;
  • Analise quais são os seus pontos fortes e de melhoria;
  • Treine em casa: faça vídeos de si mesmo, converse com o espelho ou com os amigos, assim você já fica pró no que irá falar quando chegar a hora.

Dicas da Pollyana

Por fim, a especialista separou 7 dicas super importantes para você que está em busca do primeiro emprego, são elas:

  • Comece olhando para você mesmo;
  • Invista em uma boa formação;
  • Mantenha o Networking em dia;
  • Mostre que você tem capacidade de fazer acontecer;
  • Mantenha-se informado sobre as tendências do mercado;
  • Aceite desafios;
  • Tenha paciência, determinação e resiliência.

Eu nunca trabalhei, e agora?

Eu nunca trabalhei, e agora? Agora você já sabe como fazer para garantir o seu primeiro emprego, boa sorte!

E se você gostou do artigo e quer saber mais sobre e ainda ficar por dentro das novidades, dicas e vagas do BNE , não deixe de nos seguir no Instagram, se inscrever no nosso canal do YouTube, e entrar pro nosso Canal do Telegram.

Publicidade

Posts Relacionados